Após reunião, prefeitos do ABC adiam decisão sobre tarifa de ônibus; empresas sugerem aumento

Após reunião, prefeitos do ABC adiam decisão sobre tarifa de ônibus; empresas sugerem aumento

Postado por: Minha Região ABC

Os prefeitos do ABC ainda não sabem dizer se haverá reajuste no valor da tarifa do transporte público municipal do ABC neste ano. Ontem, o tema gerou confusão em discursos de prefeitos da região. Diante do impasse, os passageiros seguem sem saber se terão de pagar mais para usar ônibus neste ano.

Em dezembro, a informação dada pelo Consórcio Intermunicipal do ABC era de que o tema seria debatido regionalmente, em reunião entre os líderes municipais marcada para ocorrer ontem. No entanto, o encontro não resultou em uma decisão sobre o aumento da passagem.

“Nenhuma cidade recebeu solicitação oficial de correção do valor da tarifa. Então, não deliberamos sobre o assunto porque não teve pedido. O maior interessado em ter correção é o concessionário. Se eles não pediram aumento, não cabe a nós deliberar sobre. Então, em janeiro, não terá decisão sobre tarifa no ABC”, disse o presidente do Consórcio e prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB).

Já o chefe do Executivo de Santo André, Paulinho Serra (PSDB), que disse já ter recebido um pedido de empresários do setor para reajuste do valor da passagem. A Aesa (Associação das Empresas de Transporte de Santo André) confirmou que repassou pedido de aumento à prefeitura.
“Está em mãos e vamos avaliar. Ainda não há uma certeza. Os sistemas são muito diferentes e o que tem de certo é que vamos deliberar sobre isso nos próximos 30 dias”, afirmou Paulinho.

A Suzantur, que opera as linhas municipais de Mauá, informou que também já formalizou proposta para aumento à prefeitura. Na região, a empresa administra ainda parte do transporte em Santo André, mas disse que na cidade não oficializou solicitação de reajuste por trabalhar em um contrato temporário.

As viações Vipe, de São Caetano, e SBCTrans, de São Bernardo, foram procuradas, mas não responderam se já procuraram os municípios para pedir aumento da passagem.

Em nota, o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo do ABC informou que irá protocolar em todas as prefeituras da região um pedido de revisão tarifária na próxima sexta-feira com base nos custos operacionais das companhias.

Texto: Redação
Foto: Divulgação

0 2 347 10 janeiro, 2018 Regional janeiro 10, 2018

2 comments

  1. Marcos Roberto Ranzani

    Com este transporte público de péssima qualidade eles ainda que aumento! A nossa tarifa é uma das nas cara do país, primeiro antes de pedir aumento, da uma melhorada nos ônibus de qualidade com ar e wi-fi para a população, não só dos bairros nobres e tbm dos bairros da periferia. Tbm melhora os tempo entre um ônibus do outro e coloca mas carro na rua. Só uma pergunta! Por que não faz uma pesquisa com a população antes de pedir aumento? .

    Reply
  2. Cecília Mendes

    Não concordo com aumento de tarifa de ônibus em São Bernardo do Campo a tarifa é uma das mais caras, por um serviço péssimo.O ônibus em bairros periféricos são muito velhos barulhentos é o intervalo entre as viagens é muito grande.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *