Grande ABC ganha programa para formação gratuita de mulheres em empreendedorismo

Grande ABC ganha programa para formação gratuita de mulheres em empreendedorismo

Postado por: Minha Região ABC

O Consórcio Intermunicipal Grande ABC realizou, nesta quinta-feira (1/8) o lançamento do programa Ela Pode ABC. A iniciativa irá oferecer formação gratuita em empreendedorismo para mulheres em vulnerabilidade social. O projeto é uma ação realizada em parceria entre a entidade regional e o Instituto Rede Mulher Empreendedora (IRME), com apoio financeiro do Google.

O objetivo do programa é capacitar 135 mil mulheres brasileiras em dois anos, garantindo independência financeira e poder de decisão sobre seus negócios e vidas. Na região, a ação atenderá 1.000 mulheres até o fim de 2020.

A iniciativa tem como principal foco dar visão empreendedora às mulheres que participam das formações, explicou o secretário-executivo do Consórcio ABC, Edgard Brandão. “Esse projeto busca dar oportunidade de trabalho para quem mais precisa, com foco no fortalecimento da mulher no mercado de trabalho. Muitas delas não têm a noção de que podem ser donas do próprio negócio”, afirmou.

As capacitações serão oferecidas gratuitamente, por meio de multiplicadoras voluntárias do Rede Mulher Empreendedora, para mulheres em situação de vulnerabilidade socioeconômica, de acordo com as demandas apresentadas em cada região.

Conforme a parceria entre o Consórcio ABC e a Rede Mulher Empreendedora, a entidade regional oferece o local com estrutura para as aulas e aponta o público-alvo local, enquanto o instituto é responsável pela aplicação das aulas. O Google dá o aporte financeiro ao programa – são US$ 1 milhão para a formação das 135 mil mulheres em todo o país.

As aulas irão abordar temas importantes para os desafios mais comuns na área do empreendedorismo e empregabilidade, como comunicação, liderança, negociação, finanças, networking, marca pessoal e ferramentas digitais. Após a formação, as mulheres têm acesso a uma série de vídeos gratuitos que complementam a capacitação.

Diretora da Rede Mulher Empreendedora e palestrante nas formações, Marcela Quiroga destacou a parceria com o Consórcio ABC para trazer a iniciativa para a região e explicou o formato do programa. “Se não tivermos ações positivas em busca da equidade, do crescimento e da independência financeira das mulheres, não vamos conseguir mudar o cenário atual. Por meio deste programa, buscamos que cada vez mais as mulheres tenham condição de crescimento pessoal e profissional com foco em empreender, pois sabemos que os empregos no modelo atual estão muito em risco”, afirmou.

No Grande ABC, já foram realizadas, em julho, aulas com as abrigadas do Programa Casa Abrigo Regional, mantido pelo Consórcio ABC, em total sigilo. Estão previstas capacitações de mulheres trans (neste mês) e surdas (em setembro, mês do deficiente auditivo).

O coordenador do Grupo de Trabalho Pessoa com Deficiência, Luís Kassab, afirmou que a entidade regional planeja levar as formações para outros públicos, por meio de articulação com outros GTs. “A importância desta iniciativa é essencial, pois promove a comunicação de um tema tão importante como empreendedorismo para mulheres em situação de vulnerabilidade e possibilita para elas a perspectiva de poder trabalhar e de montar o próprio negócio”, disse.

Durante o lançamento, o secretário-executivo do Consórcio ABC também defendeu a importância de contar com apoio financeiro da iniciativa privada local para expandir o programa. “A capacitação em empreendedorismo abre uma nova porta essas mulheres. Com mais apoio, podemos ampliar o alcance do projeto”, afirmou Brandão.

Texto: Redação
Foto: Divulgação/Consórcio ABC

 

0 0 144 01 agosto, 2019 Minha Região, Regional agosto 1, 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *