S. Bernardo consegue aval para mudar perfil do Museu do Trabalho

S. Bernardo consegue aval para mudar perfil do Museu do Trabalho

Postado por: Minha Região ABC

A Prefeitura de São Bernardo confirmou que conseguiu, nesta quarta-feira (23/08), aval para a modificação do projeto inacabado do Museu do Trabalho e do Trabalhador para instalação de uma Fábrica de Cultura, programa idealizado pelo Governo do Estado.

A oficialização ocorreu em encontro no gabinete do ministro de Cultura, Sérgio Sá Leitão, em Brasília. O prefeito Orlando Morando (PSDB) disse que ficou definido que a formalização se dará por meio de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre a Prefeitura, Ministério da Cultura e Ministério Público Federal (MPF).

Em dezembro do ano passado, o empreendimento foi alvo da Operação Hefesta, liderada da Polícia Federal (PF), MPF e Controladoria-Geral da União (CGU), culminando na prisão temporária de dois ex-secretários de São Bernardo, por suspeita de práticas irregulares e crime de corrupção.

De acordo com Morando, o TAC prevê nova licitação sem a presença das empresas envolvidas que estão sendo investigadas. “Mudar o projeto nestas condições é um ganho para a sociedade, uma vez que a Fábrica de Cultura é uma ação espetacular. Além disso, vai justificar, de maneira positiva, os gastos com dinheiro público no local”, destacou o ministro.

O prefeito disse que falta acabamentos, como pintura, colocação de pisos, fechamento em vidro e paisagismo para conclusão do prédio. A expectativa do chefe do Executivo é reiniciar os trabalhos no início de 2018 e terminar o trabalho até o fim do ano que vme.

Fábrica de Cultura

As Fábricas de Cultura são espaços de acesso gratuito que disponibilizam diversas atividades artísticas. Criadas com o objetivo de ampliar o conhecimento cultural por meio da interação com a comunidade, as Fábricas oferecem uma programação cultural diversificada.

0 1 1566 24 agosto, 2017 São Bernardo agosto 24, 2017

1 comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *