São Bernardo é a 1ª cidade do ABC a aumentar a passagem de ônibus

São Bernardo é a 1ª cidade do ABC a aumentar a passagem de ônibus

Postado por: Minha Região ABC

A Prefeitura de São Bernardo foi a primeira do ABC a reajustar a tarifa do ônibus municipal no ABC em 2018. Foi publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (9/2), às vésperas do Carnaval, que a tarifa do transporte público municipal no município passará dos atuais R$ 4,20 para R$ 4,40. O novo valor passa a valer já a partir da 0h do dia 13 de fevereiro, terça-feira de Carnaval. A alta de 4,7% na passagem fica acima da inflação acumulada em 2017, de 2,95%. Quem utiliza vale-transporte vai pagar R$ 4,75.

O novo valor de R$ 4,40 será a maior da Grande São Paulo e uma das mais altas do país – na capital, por exemplo, o preço é R$ 4 por viagem.

Veja abaixo a justificativa completa para o aumento que foi publicada no decreto que fala sobre o reajuste:

“Considerando a necessidade de se ajustar a tarifa do transporte coletivo municipal, em razão do aumento das despesas que compõem os principais custos operacionais desse serviço público, em especial: i) óleo diesel que sofreu aumento da ordem de 14,8% com impacto em 2,47% na tarifa técnica vigente; ii) o aumento salarial e benefícios dos operadores na ordem de 5,3% com impacto na tarifa técnica em 2,43%; iii) os investimentos em frota e soluções tecnológicas relativas à informação e comunicação aos usuários e ao controle operacional, com impacto na tarifa técnica em 0,80%;
Considerando a significativa queda da demanda pagante na ordem de 8,6%, e, ao mesmo tempo, o aumento da demanda não pagante na ordem de 11%, ao longo do ano de 2017 comparativamente com o ano de 2016, resultando assim na redução dos usuários que participam do pagamento do serviço municipal de transporte coletivo; Considerando a necessidade da compatibilização da remuneração do serviço face às obrigações da Concessão vigente, visando à: i) justa remuneração do capital empregado no serviço municipal; ii) a cobertura dos custos; iii) a revisão periódica
da tarifa; iv) a manutenção do equilíbrio econômico-financeiro do Sistema, sendo esses, elementos previstos no atual Contrato de Concessão; Considerando que o último reajuste da tarifa ocorreu em fevereiro de 2017; Considerando que a alteração da tarifa deve levar em conta os parâmetros regionais e, principalmente, os aspectos sociais que envolvem o transporte coletivo, entre os quais o princípio da modicidade tarifária e o seu atendimento à população; Considerando por fim, o que consta no processo administrativo nº 241/93, deste Município, e a planilha anexa”.

Texto: Redação
Foto: Divulgação/SBCTrans

0 1 8269 09 fevereiro, 2018 São Bernardo fevereiro 9, 2018

1 comment

  1. Rose

    É incrível, não tivemos um único real de aumento de salário da prefeitura, não temos direito a vale transporte e o prefeito ainda aumenta a tarifa em pleno feriado prolongado. É uma vergonha.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *